Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios. (Salmos 90:12)

Resolvi dar esse título, mais o texto não propõe a estudar matemática, aliás há muitos que detestam matemática, chegam a ter pavor, e a última coisa que se dedicariam, seria em estudar matemática. Acho que é assim que muitos olham o texto. O fato de nos propor a contar, nos afasta da riqueza que o salmista nos apresenta. Não estou falando de tentar saber quantos anos viveremos, mas de compreender que, por mais que nossa vida seja longa nessa terra, ainda assim será breve se comparada à eternidade. Se pensarmos na brevidade dos nossos dias, certamente eles terão mais valor. Notemos os versos.

Ensina-nos: Interessante que essa frase nos coloca na posição de sujeição, humildade e vontade de aprender. Talvez seja esse o caminho que devemos voltar a trilhar. É no caminho do aprendizado, da submissão, do esvaziar-se do EU, do reconhecimento que precisamos aprender, pois não aprendemos tudo nessa vida ainda. A vida é vivida a cada dia, mas é o resultado do que acumulamos no aprendizado de nossa caminhada, que nós aprendemos a viver. Volte a aprender com Deus.

Ensina-nos a contar os nossos dias: Não é um aprender simples, é muito mais do que aprender, é valorizar, é viver os momentos, é sentir o valor da amizade, das pessoas, do lar, da igreja. Ser gratos a Deus pela vida, pelo dia, pela noite, pelo teto, pela família, pelos incontáveis motivos. O salmista nos convida a viver cada momento como ser fosse o último, com beleza e alegria. Se pensarmos na brevidade dos nossos dias, certamente eles terão mais valor. Se pensarmos mais na eternidade da eternidade, certamente iremos nos preparar melhor para ela.

De tal maneira que alcancemos corações sábios: É mais que inteligência, é coração sábio. A proposta do salmista é que cheguemos a níveis de crescimentos tão grande, que será visível, que Deus é conosco. Corações sábios é uma expressão que nos projeta a viver a plenitude da vida, o nível máximo de cada momento enquanto estamos aqui. É saber agradecer, é saber valorizar, é saber amar, é ter Jesus em nós.

Queridos, não sei como você tem vivido, mas Deus tem vida plena para você. Volte a aprender com Deus, conte os dias, ou seja, viva cada momento como se fosse o último, cresça em sabedoria a ponto de notar que a vida pode ser plena mesmo nessa terra de pecado, foi assim que Moisés, o autor desse verso fez. Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios.

Pr. Miquéias Campos

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu