download

E Pedro, com João, fitando os olhos nele, disse: Olha para nós. Atos 3.4

Essa simples frase, te convida a pensar comigo em alguns pontos que está por trás do pedido. Mais do que

chamar a atenção do paralítico para que ele olhasse para eles, há um pedido de atenção para que soubesse

quem falava, e de onde vinha o pedido. Pedro e João inicia o diálogo deixando claro que não tinham

bens, que não tinha como ajuda-lo em sua necessidade diária, mas neles havia algo a oferecer que podia

acabar com a sua necessidade física e da alma. Eles param pra ouvir o pedido, pois tinha algo melhor para

oferecer.

Voltar a Influenciar: É interessante pensar nesse ato dos discípulos com o paralítico, pois mostra que a

igreja de hoje vive uma crise. Os crentes já não querem que olhem para eles (falta exemplo, falta caráter,

falta palavra honesta, falta cumprir o trato), nos distanciamos dos necessitados, nos distanciamos do

mundo, nos distanciamos das pessoas, com medo que olhem para nós. A igreja de hoje tem ouro, tem

prata, tem bens, mas a cada dia que passa se distancia das pessoas. Estamos perdendo a capacidade de

influenciar, de mudar as pessoas pelos simples ato de pregar o evangelho simples e genuíno. O mundo já

não olha para nós, pois nos tornamos iguais, não estamos mais no meio da massa, estamos ficando iguais.

Voltar a ser Exemplo: Nessa frase está implícita que devemos ser igreja para uma geração que ouve com os

olhos, pois essa geração não ouve mais o que falamos e pregamos, mas querem ouvir o que a gente vive.

É preciso ser uma geração que atrai as pessoas pelo caráter, pois Paulo disse que somos a carta de Cristo e

carta é para ser lida e não falada, somos também o bom perfume de Cristo, ou seja, temos que ser sentido.

Estamos falando muito, fazendo pouco, e não vivemos nada. Temos nos envolvido com as coisas do mundo

de tal forma que já não é possível tirá-lo de nós, “somos os espirituais se revestindo de carnalidade”,

quando na verdade deveria ser o carnal se revestindo de espiritualidade.

Voltar as Pessoas: O ato dos discípulos, mostras que perdemos a capacidade do dialogo com os diferentes

e os necessitados. Rejeitamos pessoas por preconceitos, nos tornamos tão espirituais que estamos

abandonamos o pecador. Precisamos voltar a chamar a atenção pelo que somos, e não pelos que

temos. Deixar de pensar só na benção, pois ser abençoado é o caminho que devemos tomar para ser o

abençoador, mas infelizmente a benção deixou de ser algo que se compartilha, para se tornar algo pessoal

e indivisível.

Termino dizendo que precisamos voltar a falar ao mundo a frase “olhe para nós” mais ao dizê-la, estejamos

prontos, pois temos que ter o que oferecer.

Pr. Miquéias Campos

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.