Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste.  João 17:21

Introdução:
O que seria de uma orquestra em que os instrumentos não obedecessem ao arranjo ou ao maestro? Seria um desastre musical.
O que seria do seu time do coração se cada jogador jogasse como e onde quisesse? Não haveria vitória.
O mesmo acontece na igreja. Uma boa convivência, um só pensamento e propósito, requer apoio mútuo em tempos bons e maus, em horas alegres e tristes.

A palavra unidade tem origem no termo latim unitas e designa a qualidade do que é único ou indivisível. Tem como significado aquilo que é considerado de forma individual e não plural.

Analisemos essa oração de Jesus e o que ele pensava a respeiro da igreja e do seu povo.

1º – Para que todos sejam um (máxima)
Essa é a máxima, o motivo de nosso pensamento. COMO TODOS SER UM? Se conheceremos os inimigos da UNIDADE, seremos capazes de aplicarmos essa palavra em nosso cotidiano.

1) Quem São os Destruidores ou Inimigos da Unidade.

1.1- Fofoca, evite falatórios inúteis e profanos.
1.2- Grupinhos, que se juntas para falar de alguém ou desmoralizar autoridades.
1.2- Ressentimentos, há pessoas que não perdoam
1.4- Ciúme, dos mais diversos, roupa, beleza, amizade, lugar da pessoa.
1.5- Palavras ditas sem pensar. “Falei agora foi”, há muitos que falam e não pensam.
1.6- Desconfiança, famoso pé atrás. Confia, desconfiando.
1.7- Não guardar segredo, amigos compartilham, se não sabe guardar segredo não ouça a pessoa).

2) Como Podemos Trabalhar a Unidade da Igreja entre irmãos.

2.1- Pelo princípio da imitação de Cristo. Quando nossos comportamentos imitarem a Cristo, esses comportamentos promoverão a unidade na igreja. Precisamos da atitude de humildade de Cristo.

2.2- Não permitindo que nossos temperamentos nos dominem, afugentando as pessoas de nós. Nós podemos educar nosso temperamento.

2.3- Não permitindo que nosso caráter nos afaste dos outros. Nós podemos converter nosso caráter.

2.4- Se Cristo estivesse em meu lugar com ele agiria? A razão precisa dominar os sentimentos contrário.

3) Conclusão
Faça a sua parte para que não haja dissensão entre você e seu irmão. Faça a sua parte para que não haja dissensão na igreja. Afinal, Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união! É como o óleo precioso sobre a cabeça, que desceu sobre a barba, a barba de Arão, que desceu sobre a gola das suas vestes; como o orvalho de Hermom, que desce sobre os montes de Sião; porque ali o Senhor ordenou a bênção, a vida para sempre. (Sl 133)

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.